• Tonetto =)

Como Otimizar a sua Plantação de Arroz

O típico feijão com arroz parece que nunca sai de moda. Pelo menos é assim no Brasil, país onde esse prato é considerado preferência nacional - seria o equivalente aos hambúrgueres nos Estados Unidos, todos amam isso.


O típico feijão com arroz parece que nunca sai de moda.

Pelo menos é assim no Brasil, país onde esse prato é considerado preferência nacional - seria o equivalente aos hambúrgueres nos Estados Unidos, todos amam isso.

A demanda pelo tradicional arroz nunca deixou de existir no Brasil, por isso podemos dizer que o sucesso dos produtores de arroz depende exclusivamente da quantidade de oferta disponível no mercado. E sempre existirá uma demanda no mercado.

Este é um cenário animador para os agricultores que sabem como lidar com a sua plantação de modo a produzir o melhor arroz para seus clientes.

Diante disso, separamos algumas dicas para ajudar você a otimizar a plantação de arroz na sua fazenda.


1. Escolhendo a semente certa

O primeiro passo no processo de otimização da sua plantação de arroz é a escolha da semente.

Ao contrário do que os leigos podem imaginar, não existe só um tipo de arroz ou de semente do mesmo.

Existem alguns fatores que devem estar presentes na hora da escolha da sua semente de arroz:

● A origem e classe devem ser conhecidas;

● Alta pureza genética;

● Livre de doenças;

● Boa qualidade fisiológica (germinação e vigor)

● Livre de sementes de plantas daninhas;

● Livre de sementes de outras espécies

● Material Inerte

É importante utilizar sementes básicas e certificadas, sendo adquiridas nas empresas de confiança.

É importante estar atento nas embalagens que devem estar fechadas, contendo informações sobre a qualidade das sementes.


2. Fique de olho no calendário

Assim como a maioria das culturas, o arroz tem suas datas especiais para ser plantado.

O segredo é fazer questão de plantar apenas no período correto.

Infelizmente, com as mudanças climáticas que vem acontecendo ao redor do mundo, é difícil e até irresponsável indicar o mês que o plantio deve ser feito.

Por isso, o melhor a fazer é ficar por dentro das previsões do tempo nos portais de agricultura da sua região. Tais portais darão as informações que você precisa além de alertarem quando houver chances de ocorrer eventos negativos para sua plantação,como granizo por exemplo.


3. Invista em máquinas para seu negócio

Nos dias de hoje chega a ser inimaginável uma plantação de arroz feita inteiramente manual.

Existem alguns implementos para máquinas que fazem diferença na sua lavoura.

Podemos citar:

● Enxada rotativa:

Implemento que nivela e mistura o solo, permitindo o plantio desde a primeira passada da máquina.

Além disso, ela consegue eliminar plantas invasoras e trabalhar a terra que ainda não esteja pronta para o plantio.

● Prancha niveladora

Implemento que nivela e alisa o solo dentro da água ou lodo.

● Semi Esteiras

Os benefícios de utilizar semi-esteiras para as colheitadeiras são enormes. Semi-esteiras não patinam, não possuem compactação com o solo e operam em terrenos molhados.

Por elas não afundarem, melhoram o aproveitamento de potência da máquina o que proporciona melhor tração. Isso gera uma economia considerável de combustível.

Existem empresas que fabricam esteiras adaptada para um trator comum, como mostra abaixo:


Além de resolver problemas com atolamentos, economiza combustível.

Mas é bom ficar de olho na hora de escolher sua semi-esteira. Dê preferência para fabricantes que produzem de acordo com sua necessidade.

Escolha comprar de empresas de confiança que atenda seu modelo de máquina e adequado para o seu tipo de solo.

Diversas máquinas e implementos disponíveis no mercado não são essenciais, mas, ainda assim, podem aumentar a produtividade na sua fazenda.

Cabe você escolher as máquinas que melhor se encaixem no seu orçamento, na


sua área e que atenda suas necessidades.


4. Escolha a herbicida certa

Herbicidas são produtos utilizados para matar ervas daninhas. Não é preciso dizer que são essenciais para uma plantação de arroz.

A questão é que tais produtos têm um nível de toxicidade que deve ser levado em consideração pelo agricultor.

Para escolher a herbicida correto, você precisa levar em consideração as seguintes informações:

● O ingrediente ativo da herbicida e qual seu impacto na plantação;

● A formulação e concentração da herbicida;

● A dose;

● A época de aplicação;

● A classificação toxicológica;

● A classificação ambiental;

● Intervalo de segurança em dias.

Procure sempre as instruções de um Engenheiro Agrônomo, pois ele vai identificar qual e quanto é correto utilizar.


5. Invista em treinamentos para sua equipe

Existem diversos cursos para o setor agrícola, alguns deles especiais para o plantio de arroz.

Dentre as unidades que oferecem tais cursos, é necessário citar uma das principais, o Senar, ou Serviço Nacional de Aprendizagem Rural.

Apesar de não haver qualquer órgão fazendo rankings dos melhores centros de


ensino para o setor rural, o Senar é comumente visto como um dos principais centros de ensino do setor rural.

Além disso, cooperativas também são muito fortes nesses setores, como é o caso da Coopersulca e Coperja que oferecem cursos e apoio técnico para o agricultor.


(www.coopersulca.com.br e cooperja.com.br)


O treinamento é um dos pontos importantes para garantir o melhor plantio de arroz possível.

Sem os profissionais treinados o seu plantio pode ser prejudicado pela falta de qualificação.


6. Quando é o momento certo de investir em máquinas de última geração?

No geral, isso depende do seu orçamento.

Se você tem o montante necessário para fazer tais investimentos sem muita preocupação, não há muitos motivos para não fazê-lo.

Entretanto, é necessário pensar em outros fatores.

Um dos principais é: qual o nível de aceitação do mercado para essa nova máquina?

É importante estar ciente disso porque muitas máquinas consideradas de última geração são tidas como luxos desnecessários.

Talvez até melhorem o nível de produtividade, mas fazem isso em uma margem tão baixa que não vale a pena o investimento.


7. Garanta a segurança no trabalho

Trabalhos no setor agrícola possuem alto nível de periculosidade.


Acidentes, infelizmente, fazem parte da realidade do setor.

É necessário tomar toda as medidas necessárias para garantir a segurança de todos os envolvidos.

Um acidente pode se tornar um problema sem precedentes para qualquer agricultor.

Agora você conhece as melhores práticas para otimizar o plantio de arroz na sua fazenda.

Tenha em mente que essas foram apenas algumas dicas e que o processo de plantio de arroz é algo muito mais complexo do que pode parecer.


Por isso, invista em profissionais qualificados sempre.


Nossa equipe está sempre pronta para te atender!


29 visualizações1 comentário

Rua Usílio Tonetto, n° 40
Turvo - SC - CEP 88.930-000

 

Tel: + 55 48 3525 0376

       + 55 48 9 9985 3783

       + 55 48 9 9985 3782

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social